Marcas de jeans dos anos 80 e 90: O que aconteceu com M.Officer, Lee, Forum e Zoomp

A recuperação judicial da M.Officer levanta questões sobre o destino de outras marcas icônicas do século passado.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

A recuperação judicial da M.Officer levanta questões sobre o destino de outras marcas icônicas do século passado,

O anúncio da recuperação judicial da M.Officer, com uma dívida de 53,5 milhões de reais, despertou a curiosidade das pessoas sobre outras marcas de jeans que brilharam nas décadas de 1980 e 1990. Nas redes sociais, leitores mencionaram outras grifes lendárias, como Lee, Forum e Zoomp. Vamos explorar o que aconteceu com essas marcas de roupas que marcaram época.

M.Officer: Fundada em 1986 pelo designer Carlos Miele, a M.Officer teve um crescimento impressionante nas décadas de 1990 e 2000. Expansão através de franquias levou a marca a possuir mais de 200 lojas em todo o Brasil, bem como operações em Nova York, Miami e Paris. No entanto, a empresa enfrentou desafios nos últimos anos, incluindo uma crise em 2013, quando a descoberta de trabalhadores em condições análogas à escravidão resultou em 1 milhão de reais em bens bloqueados. A pandemia de COVID-19 também prejudicou significativamente as vendas da marca, que dependia principalmente de lojas físicas. O pedido de recuperação judicial foi aceito recentemente, com a empresa citando a concorrência com marcas asiáticas como um dos fatores.

Lee: Fundada em 1889 nos Estados Unidos, a Lee é uma das marcas de jeans mais antigas do mundo. Ela foi uma das pioneiras em usar zíperes em roupas, já em 1912. Nas décadas de 1960, expandiu-se para mais de 50 países e, em 1969, foi adquirida pela VF Corporation. Nos últimos anos, a marca foi separada da VF Corporation e agora faz parte da Kontoor Brands. No Brasil, mantém uma presença online através de sua loja virtual.

Forum: Criada no início dos anos 1980 por Tufi Duek, a Forum conquistou destaque no mundo da moda, apostando em lojas próprias e turnês de desfiles no Brasil. Após a saída de Duek em 2009, a marca foi adquirida pelo AMC Têxtil, proprietário da Colcci. Nos últimos anos, a Forum recuperou força com novas operações e novos estilistas. Atualmente, mantém cerca de 29 lojas físicas e uma plataforma de e-commerce.

Zoomp: No auge de seu sucesso, a Zoomp possuía 800 funcionários e 84 lojas em 10 países. Fundada por Renato Kherlakian, a marca teve uma forte presença de mercado entre 1974 e 2006. No entanto, lutou para lidar com seu próprio crescimento, enfrentando dificuldades com a abertura do mercado a produtos importados. Em 2009, a marca passou brevemente por um pedido de falência, que posteriormente foi revogado. Mais tarde, a Zoomp foi adquirida pela Global Capital e entrou em recuperação judicial. Embora tenha tentado uma recuperação entre 2016 e 2017, após ser adquirida por Alberto Hiar, dono da Cavalera, não conseguiu se restabelecer. Atualmente, um site da Zoomp ainda existe, mas as informações não são atualizadas há vários anos.

Yes, Brazil: A Yes, Brazil foi um ícone do vestuário carioca nos anos 1980, fundada por Simão Azulay. Embora tenha encerrado suas atividades em 2006, a marca está fazendo um retorno ao mercado. Recentemente, fechou uma colaboração com a marca carioca Reversa, uma subsidiária da Reserva. O relançamento da Yes, Brazil busca reviver elementos dos anos 1980, incluindo patches, brilho, tachas e jeans.

Fiorucci: A marca italiana Fiorucci alcançou grande popularidade nas décadas de 1970 e 1980, a ponto de ser mencionada em uma música da banda Mamonas Assassinas. No entanto, problemas de gestão levaram a marca a declinar nos anos 1980. Em 1990, foi adquirida pela empresa japonesa Edwin Co. No Brasil, a marca esteve sob a responsabilidade de Glória Kalil nos anos 1970 e, posteriormente, teve algumas peças importadas pelo grupo Supermarcas em 2006. Em 2017, a Fiorucci fez uma breve tentativa de retorno para celebrar seus 50 anos, com produtos disponíveis em lojas dos Estados Unidos.

Fonte: M.Officer, Lee, Forum e Zoomp: como estão as marcas de calças jeans que bombavam nos anos 80 e 90 | Exame

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Precisa de ajuda?