Inteligência Artificial na Moda: Entrevista Exclusiva com Miguel Fernandes no Focus Fashion Summit 23

Diretor de IA da EXAME compartilha insights, desmistifica preconceitos e revela as possibilidades da Inteligência Artificial na Moda

Diretor de IA da EXAME compartilha insights, desmistifica preconceitos e revela as possibilidades da Inteligência Artificial na Moda

Na era contemporânea, a pergunta não é mais se a inteligência artificial (IA) será uma tendência na moda, mas como ela já está transformando radicalmente o cenário. Comparável ao impacto revolucionário da Internet no final da década de 90, a IA está agora moldando de maneira decisiva o início dos anos 2020.

Para aqueles que ainda não adotaram essa tecnologia, a corrida para recuperar terreno pode ser árdua. Entretanto, a entrevista conduzida por André e Luciane Robic, fundadores do Instituto Brasileiro de Moda (IBModa) e editores da AntennaWeb, com Miguel Lanner Fernandes, Diretor de Inteligência Artificial da EXAME, na 23ª edição do Focus Fashion Summit (FFS23), oferece insights valiosos e práticos sobre como a IA está moldando o futuro da moda.

A Jornada Começa: Desbravando o Mundo da Inteligência Artificial na Moda

O FFS23, renomado evento da moda brasileira, proporcionou o palco ideal para desvendar o impacto tangível da inteligência artificial na moda. Fernandes, especialista no campo, destacou ferramentas cruciais para aqueles que estão dando os primeiros passos na transformação digital. O ChatGPT para texto, MidJourney para imagens e Fireflies para reuniões emergiram como instrumentos essenciais, capacitando os profissionais a explorar as vastas possibilidades da inteligência artificial na moda.

A Acessibilidade como Chave para o Sucesso: Pequenas Empresas e Grandes Avanços com a IA

Em um ambiente onde o acesso à IA é frequentemente associado a grandes corporações, Fernandes sublinhou a acessibilidade para empresas de todos os tamanhos. A parceria entre a Open AI, responsável pelo ChatGPT, e a Microsoft, gigante global da tecnologia, proporciona um caminho para instituições, independentemente do porte, integrarem-se à revolução tecnológica. Para Fernandes, a democratização da inteligência artificial na moda é crucial para impulsionar a inovação em toda a indústria.

O Profissional do Futuro: Habilidades Além do Digital

Ao abordar o perfil do profissional na era digital, Fernandes destacou características que vão além do domínio técnico. Habilidades de comunicação, experiência, repertório e capacidade crítica emergem como elementos cruciais para os profissionais da nova geração prosperarem. Essa perspectiva reflete uma compreensão abrangente de que a excelência na era digital é uma combinação de competências técnicas e habilidades humanas.

Revolucionando a Pesquisa de Tendências: IA como Facilitadora da Criatividade

A inteligência artificial, longe de substituir a criatividade humana, é apresentada como uma aliada poderosa para estilistas e profissionais da moda. Fernandes destacou como a inteligência artificial na moda acelera o processo de pesquisa de tendências, proporcionando uma alternativa ágil às viagens extensas que caracterizavam esse aspecto do setor. Essa mudança permite que a criatividade floresça com eficiência e inovação.

Marcas à Frente: Balenciaga, Renner e Reserva Inovam com Inteligência Artificial na Moda

Explorando exemplos concretos, Fernandes apontou marcas que estão na vanguarda da inovação impulsionada pela IA. Balenciaga, Renner e Reserva são destacadas como empresas que compreenderam e capitalizaram as possibilidades da IA de maneiras únicas. Essas marcas estão não apenas adotando tecnologias avançadas, mas também moldando ativamente o futuro da moda com uma abordagem inovadora.

Em conclusão, a entrevista com Miguel Lanner Fernandes destaca que a inteligência artificial na moda não é uma mera tendência, mas uma realidade intrínseca que moldará o futuro do setor. Seja através de ferramentas acessíveis, acessibilidade para pequenas empresas, a evolução do perfil profissional ou a revolução na pesquisa de tendências, a inteligência artificial na moda se revela como uma força transformadora.

As marcas inovadoras, ao incorporarem a IA de maneira eficaz, estão definindo o padrão para o futuro, consolidando a inteligência artificial não apenas como uma ferramenta, mas como um aliado essencial na expressão da criatividade e na construção do futuro da moda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Precisa de ajuda?